14 fevereiro, 2007

Ama-me quando eu menos mereço, porque é quando mais preciso.

9 Comments:

At 12:29 da tarde, Blogger Rute said...

... tá bem! =P

 
At 1:48 da tarde, Blogger Tiago said...

Eu amo-te sempre! Quando menos mereçes ou não!

 
At 10:07 da tarde, Blogger Arkantos said...

Amar-te-emos sempre linda, pois és daquelas amigas raras de encontrar. Fazes parte de um conjunto muito bom de raridades. Conjunto esse que, para mim, é muito especial. Beijinhos ;)

 
At 11:49 da tarde, Blogger Firefly said...

bem tinha deixado um comment meio estranho, mas vou tentar reproduzi-lo. something nas linhas de, quando menos merecemos tb o somos, so temos k saber olhar e abrir bem os olhosssss! sim pq o amor muitas vezes tá la, e outras vez basta saberes k a liberdade k te é dada, especialmente kuando nao o mereces, é a maior forma de amor provavelmente te dada. so tens k a saber aceitar e ver a sua importância! nao faz muito sentido se nao tiveres muitos tesouros escondidos dentro de ti, e provavelmente axas me louco, mas é assim k vejo as coisas. o amor tem tantas formas, que realmente nao o podemos contar!

 
At 9:19 da tarde, Blogger Rute said...

Guter Brunnen kommen die Kühe!!! Und Sie wissen. Wille können Sie dieses übersetzen. Gehen Sie saugen Hahnen!!!

TEnho dito! LOLOLOL!!!

 
At 2:10 da tarde, Blogger Rute said...

Ohhh Burrãozinho!!! =P

Cadê a vida disto? Ai!!!

Queremos POSTS!!!! Escreve, oh canalha!

 
At 4:57 da manhã, Blogger Ana Pena said...

Também acho!!:)

 
At 4:42 da tarde, Blogger Firefly said...

POSTSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

 
At 11:19 da tarde, Blogger Ebbios said...

Belos textos!

Teu blog já me atraiu pelo título.
Deve haver uma certa isca nesse título!

Beijos

 

Enviar um comentário

<< Home